Tendências de moda para 2018

Pra quem não sabe o BD Fashionista é liderado por uma Jornalista de Moda e Social Media, no caso eu, Tamylin Silva e uma Designer de Moda e Publicitária, a Mayra Ferraz. Uma das nossas principais características, como a da maioria dos empreendedores dentro do setor de moda, é antecipar tendências e entender o comportamento geral da sociedade que vai determinar qual será o futuro da moda.

TREND.png

Nós fomos convidadas para dar uma palestra no dia 06 de Dezembro, no Sebrae sobre a antecipação das tendências para 2018. Para contextualizar, não somente os alunos do curso do Sebrae, mas também nossos seguidores, criamos este post apresentando as principais macrotendências que irão determinar o futuro da moda nas próximas temporadas.

VIDA TERRENA

Neste movimento o dominante é o resgate da essência e a volta da natureza à nossas vidas. Diversos estudos apontam que a Geração Millennial, também conhecida como Geração Y, está mais preocupada em viver uma vida mais tranquila do que a de seus pais.  Eles não estão dispostos a sacrificar as suas vidas pelo o trabalho, eles querem trabalhar menos e ter condições de uma vida pessoal saudável e agradável. Além de serem jovens com sede de conhecimento e informação, eles não têm paciência para esperar as soluções, eles são a solução e criam a solução. Isso explica perfeitamente o por quê as marcas criaram o See Now, Buy Now e também o motivo de diversas revistas de moda e comportamento terem deixado o impresso de lado para investir em mais conteúdo na internet.

Palavras-chave – Empoderamento, Flexibilidade, Naturalidade, Instantaneidade, Tecnologia, Multi Tarefas, Saúde.

e98b1007b5afc73389b0ae5566dd4b5f

INFUSÃO

Tanto a Geração Y como a Z têm a tecnologia como sua principal aliada. Eles não largam os celulares e é exatamente onde as empresas têm que estar para conseguir chamar a atenção. Porém, mesmo sendo mais “alienados” à tecnologia do que os mais antigos, eles possuem o lado mais humanizado proveniente da própria distanciação do mundo real, o que nos leva a entender o motivo da criação de ferramentas como o Stories do Instagram, por exemplo. Eles preferem estar “perto” das pessoas através dessas ferramentas do que muitas vezes pessoalmente com os amigos. As redes sociais possibilitam o compartilhamento de experiências e muitas vezes tendências são criadas por eles mesmo dentro de uma comunidade de pessoas que tem os mesmos ideais.

Palavras-chave: Humanização, Experiência, Empatia, Conforto, Compartilhamento.

maxresdefault

DESIGN SUBSTANCIAL

O consumidor valoriza cada vez mais o seu tempo e dinheiro, priorizando marcas e produtos que tenham propósitos e valores parecidos com o que ele acredita. Aqui, o minimalismo faz jus a tendência atual. A ideia é viver com cada vez menos, mas com mais propósito e com experiências mais valiosas. Marcas sustentáveis, orgânicas e que se preocupam cada vez mais com ações ambientais e sociais entram nessa categoria agregando valor aos seus produtos e consegue conquistar compradores que não estão preocupados com o valor que irá pagar, mas sim a experiência que terá ao comprar o seu produto. “Vender o por quê e não o quê”.

Palavras-chave – Minimalismo, Sustentabilidade, Experiência, Valor, Propósito, Longevidade, Unidade.

945377d7b006b0b5841122d9d4ddcef2

NOTURNO

Nesta última ramificação das macrotendências, o equilíbrio é o principal ditador, ou seja, as falsas vidas perfeitas da internet começam a dar lugar a algo realista e humanizado. As pessoas erram e tem seus dias ruins, ‘a vida não é perfeita’, é nisso que acreditam os novos consumidores. A vulnerabilidade não é mais um problema e por isso as famosas “lives” na internet estão em alta, não tem filtro e não tem edição.

1442254249tpm157-kefera-002b

Palavras-chave: Realismo, Equilíbrio, Vulnerabilidade, No Filter, Ao vivo, Humanização.

Espero que essa pincelada geral dos fenômenos que tem ditado as tendências atuais possam ajudá-los a entender  um pouquinho de como a mudança cultural e geral da sociedade mudam os trilhos da moda e determinam sua direção.

Compartilhe com todo mundo que gosta de moda ou empreende nesse ramo, tenho certeza que será útil. Beijos!

 

 

5 Marcas veganas de beleza

A preocupação com o responsabilidade ambiental tem aumentado com o tempo dando espaço as marcas revolucionárias que são, não somente Eco-Friendly, mas também orgânicas, veganas e sem teste em animais! Já fiz alguns posts por aqui falando sobre marcas que são Cruelty Free que vocês podem conferir clicando aqui. Mas ultimamente eu tenho pesquisado muito sobre marcas que usam elementos naturais em suas composições e que são 100% veganas e vocês me encorajaram lá no Instagram (@tamylinellen) a falar mais sobre isso aqui no blog, então, vamos lá!

Foto por Lu Gomes

Kat Von D – Kat é tatuadora e criou uma marca de maquiagem que se destaca pela longa duração, pigmentação intensa e cobertura incrível de seus produtos, como é o caso da base e corretivo que cobrem, inclusive, tatuagem. Além de ter 95% dos seus produtos veganos e 100% deles SEM testes em animais. instagram.com/katvondbeauty

Produtos à venda em http://www.sephora.com.br

Simple Organic – A Simple também é liderada por uma Girl Boss, a Patrícia Lima que esteve presente na última edição do desfile da Casa dos Criadores assinando a beleza de duas marcas. Ela é 100% vegana, orgânica e cruelty free. A identidade da marca é incrível, o design dos produtos são lindos e é muito difícil não se apaixonar pela marca. instagram.com/simpleorganic

Produtos à venda em http://www.simpleorganic.com.br

Baims – Essa é uma marca com sede na Alemanha e no Brasil, ela prioriza o uso de insumos e matérias-primas naturais ou orgânicas, não testadas em animais e livres de ingredientes tóxicos. As embalagens são lindíssimas também, impossível não querer tudo! instagram.com/baimsnaturalmakeup

Produtos à venda em http://www.e-cosmetique.com.br

Cativa Natureza – A Cativa é uma marca super completa que possui todo tipo de produto voltado à beleza.  Todos eles livres de substâncias agressoras à saúde e ao meio ambiente e não utiliza espécies de frutas e flores em extinção. Todo o processo de produção, extração e processamento de matérias-primas são rastreados e certificados. instagram.com/cativanatureza

Produtos à venda em http://www.cativanatureza.com.br

Quintal – Eu sou apaixonada pela identidade visual dessa marca também! Queria tudo! Diferente das marcas anteriores, essa vende somente produtos de cuidados com o rosto e voltados à tratamentos. Ainda não possui maquiagem, mas eu sou tão louca por produtos para pele quanto por maquiagem, então a dica é válida.  instagram.com/quintalcosmeticos

Produtos à venda em http://www.quintalcosmeticos.com.br/shop

São essas as marcas que estou amando no momento, espero que com essas dicas vocês consigam introduzir na vida de vocês um consumo de beleza mais consciente e se você conhece alguma marca que eu não mencionei aqui, por favor, deixem nos comentários. Beijinhos!

Tedência como?

Oi gente! Demos uma entrevista recentemente na Alto Astral sobre rotatividade da moda e eu resolvi voltar as origens pra contextualizar esse assunto que é bem mais amplo do que parece.

Tendências-2017-2018-Moda-Operandi
Bom, pra começar, segue a definição de tendência do Dicionário Ilustrado de Moda :
“Direção geral para a qual algo se movimenta ou evolui. Na moda, uma tendência pode ser um estilo, uma cor, uma estampa ou uma padronagem que começa a ganhar aceitação ou adoção ampla.” É por conta desse conceito de evolução que surgem as definições de atual ou fora de moda.
O consumo virou a maneira de uma pessoa mostrar quem é e identificar e confirmar tendências hoje se tornou uma carreira. Os trabalhos feitos por meio de estudos complementares se devem aos os Cool Hunters. Eles frequentam todos os tipos de eventos relevantes percebendo pessoas e comportamentos em potencial.

Qualquer acontecimento pode ser antecipando com um comportamento que será copiado por todos, principalmente se vindo dos grupos de visibilidade, (influencers e criadores de afinidade). Minha carreira dos sonhos eu diria, imagina que sucesso sair por aí descobrindo e analisando comportamentos? Bom, pra simplificar o conceito ao máximo um artigo completíssimo da Uol diz o seguinte: que existe a “Regra de Três”: se um fenômeno aparece num setor, temos um fato; em dois, temos potencial, mas ainda sem força; no terceiro virou tendência. Consumo, street style e passarela se misturam no principal movimento de tendência de hoje (vou por os três ali em baixo depois).

“A tendência sai da sociedade, não é a moda que dita. O designer entende uma tendência através de uma leitura social”. As palavras de Lylian Berlim, gestora do curso de Moda Contemporânea em Paris, traduzem pra gente a visão dela de tendência como o famoso “A arte imita a vida”.

Com detalhes agora, as três situações principais de ciclo da moda:
• TrickleDown (gotejamento)
Basicamente a moda é lançada nas passarelas e cai no gosto popular. É a forma mais antiga de difusão e reinou sozinha em quase todo o século 20 por conta da acessibilidade. Na prática: As marcas de luxo usam as macrotendências para formatar estilos, Influencers compram/usam peças destas coleções primeiras e ajudam a espalhar. As Fast Fashions produzem com tempo mais distante de lançamento (o que causa ainda mais demanda).

• TrickleAcross (movimentos laterais expansivos)
A moda se difunde entre todos os grupos ao mesmo tempo, como se fosse uma febre coletiva. Hoje em dia essa é a mais popular, por conta da acessibilidade e rapidez com que as fast fashions tem atendido a demanda dos consumidores.

• Trickleup/ Bubble Up (evaporação)
A moda surge entre os pequenos grupos e sobe para as passarelas, como no exemplo dos punks da Inglaterra que inspiraram a estilista Vivienne West Wood e tornou-se um estilo, havaianas e calças jeans também são excelentes exemplos de Street Style que subiram de classe.

Bom, é isso. Espero que tenha dado uma ideia de como e porquê as estéticas viram tendência. São esses três conceitos básicos que embasam a explicação da importância que tem o reaproveitamento de matéria no mundo de hoje. Aproveita e clica pra ver o painel no Pinterest do BD que tem inspiração de refashioning   😉

Beijoooo