E a Mayra que foi viajar e não contou nada? parte 1

Oi gente!!

Tudo bem? To sumida, bandida fugida aqui mas eu sou desapegada ainda ok?

Então, vou contar da viagem enfim, tirei férias depois de 3 anos, foi delícia! Pra quem quer aproveitar as férias pra viajar se joga \o/.

A história resumida é que minha irmã tá trabalhando de aupair nos EUA e o Gui tava em LA até novembro. Aí que numa vaquinha do amor, eu consegui patrocínio pra ir visitá-los e viajar sozinha pela primeira vez.

Vou contar aqui um pouco do processo pra vocês 😉

Meu primeiro passo foi pesquisar preço de passagem, aí as dicas que eu dou são:

-Pesquisar passagem no modo anônimo pela internet, pro mago manipulador de resultados não te fazer de bobo seguindo seus rastros.

-Pesquisar com agências de boa reputação e preferencialmente com alguém de confiança por que por todo o processo a gente fica meio meio ansioso, dai pra esquecer algo ou errar alguma coisa é fácil fácil…

-Pesquisa clima. Pesquisa bem pesquisadinho amigue, por que seu frio e seu calor nunca vão ser os mesmos do que os das outras pessoas hahaha.

Acho que só. Acho que você também deve pesquisar algumas outras coisas que eu não pesquisei, por que pra mim foi conveniente o acesso fácil, proporcionado pelos meus respectivos anfitriões. São eles:

– Pacotes de visitação e/ ou lugares que você quer ver (tipo um roteiro),

-Hotel / hostel/ estadia,

– Alimentação,

– Localização e formas de transporte,

Fechei passagens com os Vitório da Novità Turismo, que com toda paciência do mundo  me mostrou um monte de opção e de data, preço e quantidade de bagagem (vocês não tem ideia de como limite de bagagem parece inútil e na verdade não é hahaha). Ele me acompanhou pelo celular até o aeroporto. \o/ Obrigadíssima Vitório! Indico muito ❤ Gente, o pessoal da Novità pode ajudar com toda  a parte dos itens acima também  viu? Só não precisei mesmo por causa da Thatha e do Gui que estavam lá preparando tudo pra mim de lá.

Minha intenção principal era ver esses queridos (p*tos) que foram pra longe e curtir meu tempo relaxando, então deixei tudo por conta deles ❤ Minha única exigência nos passeios era meu mantra de “não posso engordar e perder todo o projeto ” kkkkk. Então no fim, nosso roteiro de viagem foi de acordo com a idéia de diversão que cada um deles tem sobre mim. Era tipo: “O que vc acha que eu gostaria de viver?”

Vôo internacional, tinha que chegar 3h antes pra fazer check in e tal, fui com meus pais e meus primos e tava paralisada de ansiedade, não consegui comer uma azeitona o dia todo hahaha. Assim que o avião decolou (que inclusive é uma das minhas partes preferidas, sou uma criancinha deslumbrada na janela). Minha ansiedade melhorou e me veio um soco na cara de fome de gigante. Fica a dica: pra quem enjoa, se não for comer, leva comida!!!! Só fui comer alguma coisa no jantar compacto do avião, algumas horas depois. Parecia que não comia há 3 meses hahahah.

Poltrona econômica é meio justinha, mas nada que não compense a viagem né gente… Quase chegando os comissários distribuíram  um documento para quem não era cidadão para declararmos algum tipo de pertence ou valor específico. Como eu declarei as comidas que eu tava levando pra lumbriguenta da minha irmã, me chamaram pra ver essas comidas da mala antes de eu passar pelo último portão. Mas foi tudo bem tranquilo. As coisas eram embaladas e estavam  nas respectivas embalagens industrializadas e tal. (Levei: farofa, mandioquinha, cachaça e doce de leite) Clica aqui pra saber um pouco mais sobre essas regras.

copia-de-img_20160830_163536225_hdr

Amassei a Thais no aeroporto e fomos pra casa da hostfamily dela tomar um banho.

Na primeira parte da viagem eu fiquei na costa leste, ela mora em McLean, Virginia E  eu achei, no geral, bem gostoso de viver. Cheguei num clima bom (não é sempre assim, tem tempestade de neve), e tem muito comércio perto de onde ela mora, então refeições e compras foram bem práticas.

1468821470323_homes-for-sale-in-mclean-va-is-2016-a-good-time-to-buy-fea

Fomos nos Shoppings perto de lá, comprar as coisas das encomendas dazamigas. Comi na famosa Cheesecake Factory exageradamente e entrei em todas as lojas desejo pelo shopping.

Muitos dias ficamos só no relaxamento do dia a dia sem obrigações, curti a Thatha, comi bonitinho e desacelerei um pouco minha #vidaloka hahaha. Nos dias de turista meeeesmo fomos até Washington D.C. para conhecer os monumentos, e comer o melhor donnut da vida que é o sonho de consumo das pessoas todas do mundo (sim eu tenho certeza). O lugar é um charminho e vende um donut de crème brulé que tenho certeza que você quer. Sim, quer rss.. Também visitamos 1/3 do zoologico de D.C. que deve ter o tamanho de um continente!

Minha irmã viciada em Starbucks me viciou junto (o que não é difícil, convenhamos), e queridos, eu fui pra Nova York. Eu fui. Fui mesmo, haha. Queria fazer fazer aquela pausa dramática do crème brulée aqui de novo e guardar toda a experiência só pra mim, mas não vai dar. Ô cidade bonita, com gente bonita, agitada, acessível, cheia de arte, oportunidade, cultura ❤ ❤ ❤ Queria morar lá. Um dia eu volto e fico. Passeamos por alguns lugares durante o dia todo e a noite entramos e saímos de barzinhos. Dancei horrores. Comi pizza de madrugada. Foi espetacular.

Aé, quase esqueço, fomos conhecer a confeitaria do Cake Boss a Carlos Bakery, e como já deu pra perceber somos duas lagartinhas né hahaha. Mas acho que a superação de gordice da viagem foi ter ganhado uma caneca da confeitaria por conta das compras hahahahahahah. A experiência foi (desculpa Thais): Comer chorando os doces  da Carlos Bakery sentadas no degrau da entrada do metrô, lugar sentável mais próximo da loja. A gente tava sozinha comendo uma caixa de doces imensa emotivamente em Nova York. Emblemático. Foi uma descarga de felicidade que não deu, não dá pra descrever pra ninguém. Tinha que estar lá, tinha que ser a gente.Não tem foto dessa parte ;/

Outra coisa, principalmente pra quem é bem visual: Por favor, se for pra lá não deixe de ir na estação central. Vai, e vai com uma câmera boa, tempo e sem vergonha de ser turista, por que o lugar é maravilhoso, brilha, é enorme. Acho que sobre NY é meio que isso, estação central dourada, times square com tudo aquilo de cor, pessoas, e Carlos Bakery. Mayra, você não viu a liberdade?  Vi não, sou de aquário, diferentona hahahaha! Mentira, até tentei, mas priorizei outras coisas e sou bem grata pela bateção de perna e pelos vários momentos que me deixaram sem ar por várias vezes nessa viagem.

 

Bom, a primeira parte tá paga com muito atraso mas tá aqui ❤ Semana que vem tem a parte 2, Las Vegas e California ^^ Cada foto dessa tive um suspiro diferente de saudade… Que 2017 traga mais viagens \o/

Beijo gente

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s